Cultura brasileira por Indiara Nicoletti

Cultura #dubrasil

em 12 de janeiro de 2021

A paulistana Indiara Nicoletti é bacharel em Artes Plásticas pela UDESC, trabalha com gravuras, desenho e poesia. Publicou em 2019, numa parceria com a Editora Córrego, “Canção do mar além”, primeiro livro de uma trilogia, composto por gravuras e poesias, “onde as gravuras se desvinculam de um papel ilustrativo das palavras e formam com os poemas uma obra poética híbrida, partindo de sua pesquisa “Imagem-palavra””.
Trabalhou com gravura no campo expandido, realizando a instalação “Olho / Infinito / Labirinto”, durante uma residência artística de oito meses na Funarte / SP, em 2017.

Participou de diversas exposições: “Feliz aniversário Nelson Leirner” / Casa da Xiclet / 2006, Projeto Volante / Brasil / Canadá / 2012, “Primeira Mostra Latino-americana de gravuras / MolaGrav / Londrina / 2018, “Primeiro Encuentro Intencional de Grabadores – Autorretrato” / Argentina / 2019, “Tipografia: Substantivo Feminino”, curadoria de Juliana Crispe / Galeria Choque Cultural / 2019, exposição que fez parte da Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, “A história ocultou e a cidade tem para nos contar”, curadoria de Baixo Ribeiro, Lilian Amaral e Juliana Crispe, Galeria Choque Cultural/ 2019, “22 edição Projeto Armazém – Arte Menor”, curadoria de Juliana Crispe e Francine Goudel, Espaço Cultural Coletivo Elza – Florianópolis/2020, primeira individual na Casa da Luz / 2019 e 2020, exposição “Paisagem de Dentro”, curadoria de João Gomes, entre tantas outras. Atualmente está com duas exposições, em cartaz, em São Paulo: “Ciclo”, curadoria de Juliana Mônaco, Art Lab Gallery / 2020 / 2021 e “Diversidade Criativa”, curadoria de Renata Ribeiro, no Hotel Mercure / 2020 / 2021.

Fotografia de Erikaus Mor @erikausmor

Indiara Nicoletti, conta pra nós o que, culturalmente, tens consumido.

Uma canção Olho d’água – Milton Nascimento

Um álbum Delírios Líricos – Tatá Aeroplano

Uma cantora Alzira E

Um cantor São Yantó 

Uma banda Banda Corte 

Um desenho, ilustrador, ilustradora Rafael Kenji 

Um livro Dias ácidos, noites lisérgicas – Cláudio Willer

Uma escritora, um escritor Alice Ruiz | Eucanaã Ferraz

Um filme Asas do desejo – Win Wenders

Uma diretora, um diretor Win Wenders 

Um instagram @aalastra

Um lugar Costa da Lagoa (alto da montanha) – Florianópolis

Uma cultura popular Maracatu

CULTURA BRASILEIRA POR: queremos saber, de quem a gente consome, o que está consumindo dentro da produção cultural tupiniquim, ou fora dela, se assim for. É um bate bola para destrinchar o agora. Um álbum que não para de tocar, o livro que tá fazendo a cabeça, uma música que não sai do ouvido, aquela ilustração que inspira, e assim por diante. É tesouro garantido. Vem pra caça!

Você também vai gostar disso 👇