Ménage

Cinema #dubrasil

em 16 de dezembro de 2019

‘Ménage’ é inspirado no clássico cinema da Boca do Lixo Paulistana da década de 70, do diretor Luan Cardoso, é um suspense político que expõe a relação entre legislativo, executivo e judiciário.

Inspirado no clássico cinema da Boca do Lixo Paulistana da década de 70, o longa-metragem ‘Ménage’, do jovem diretor Luan Cardoso, é um filme de suspense político que expõe a relação promíscua entre os poderes legislativo, executivo e judiciário, e qualquer semelhança não é mera coincidência.

Ménage

A estória acontece quando três colegas do mesmo partido político, o advogado Veiga (Lino Camilo), o deputado Roberto (Francisco Gaspar) e o candidato ao governo Ariel (Vinicius Ferreira), após uma convenção nacional, vão a um motel para uma orgia e as coisas fogem ao controle quando uma das garotas de programa é vítima de overdose de heroína.

Ménage

“O roteiro mostra um pouco dessa ‘falta de absurdo’ – para usar uma expressão que meu pai costumava usar – e que pra mim reflete muito o clima Brasileiro hoje e de 2017 quando rodamos o projeto. Quando a gente perde a noção do absurdo, chega a achar graça disso tudo, dessa lambança política e é um pouco dessa situação que está na tela nesse filme”, conta Luan.

Com lançamento previsto para o segundo semestre de 2020, ‘Ménage’ foi todo produzido na base do ‘faça você mesmo’ e com a ajuda de amigos que acreditaram no projeto. A trilha sonora ficou por conta dos músicos Rodrigo Campos e Kiko Dinucci. O próximo passo? Inscrever o longa-metragem nos festivais de cinema Brasil afora.

Ménage

A LABO Plural Singular colou no pré-lançamento do filme, que aconteceu em novembro de 2019, no MIS em São Paulo e agora está só no aguardo da estreia no circuito nacional.

Visite o site da Quixó Produções →

Luan Cardoso

Você também vai gostar disso 👇