Quadrinhos Nacionais

Cultura #dubrasil

em 16 de dezembro de 2019

Histórias em quadrinhos são narrativas feitas em sequenciais, normalmente acompanhadas de diálogos curtos e com linguagem própria. As histórias de super-heróis são sempre as mais disputadas entre leitores. Você já questionou o porquê? Você já fez uma busca por novos temas?

HQ’s #dubrasil por Leonardo Dornelles

Cena independente

A produção brasileira de quadrinhos sempre foi muito criticada pelo simples fato de ser produto nacional. Mas quando focamos o olhar para nossa história, para nosso cotidiano, abre-se um imenso portal para tudo que é produzido em terra brasilis. A cena independente tem se destacado na cultura das histórias em quadrinhos com uma narrativa bastante consistente e usando vocabulário que nos é familiar. Com ajuda da internet e das plataformas de financiamento coletivo, o mercado das HQ’s brasileiras tem crescido muito nos últimos anos.

LAMA, de Rodrigo Ramos e Marcel Bartholo

Baseada na tragédia de Brumadinho, MG. Como personagens temos o agricultor Jorge e Maya, proprietária de uma pequena pousada. O grafite é usado para ilustrar a história, que cita uma lenda indígena mostrando a vingança da natureza contra os homens. Primeira HQ do selo Carniça Quadrinhos. Fica uma pergunta no ar: “o que sobra quando destruímos tudo lá fora, e dentro de nós mesmos?”

Saiba mais sobre o quadrinho
Onde comprar

PLUMBA, studio2minds (Luiza MC Allister e Thiago Lehmann)

HQ lançada em 2015. Plumba é uma garota que tem seus objetivos bem definidos: comprar um machado bastante poderoso, e para isso enfrenta uma série de aventuras. Utilizando linguagem clássica dos quadrinhos, com forte influência dos gráficos de vídeo game pela riqueza dos detalhes e das cores, a protagonista tem uma evolução particular ao longo da trama fazendo com que o leitor não consiga desligar da história até chegar ao final.

Saiba mais sobre o quadrinho
Onde comprar

O CONTO DOS ORIXÁS, Hugo Canuto

A história situa-se numa África mística, época em que o céu e a terra eram como duas metades e seres divinos caminhavam entre as pessoas. A narrativa apresenta Deuses negros e abre uma discussão entre os elementos da cultura afro-brasileira, transitando entre o mundo físico e o espiritual. Xangô é figura central. Exu, Ogum, Oxum, Oxóssi e Iansã estão presentes na história. O livro quadrinho de 120 páginas foi criado através de um financiamento coletivo e atingiu três vezes o valor da meta inicial. Como o valor alcançado foi maior do que o esperado, o autor doou parte dos recursos para programas sociais em Salvador, sua cidade natal.

Saiba mais sobre o quadrinho
Onde comprar

DESNUDA, NOSTÁLGICA E ANSIEDADE, (Aline) Lila Cruz

Lila Cruz é uma artista completa: quadrinista, jornalista e ilustradora. O projeto “Quadrado”, baseado em experiências da autora, pode ser comprado separadamente, dividido em três partes: “Desnuda”, autodescobertas da vida; “Nostálgica”, retratos sobre a infância; e “Ansiedade”, sentimento que tinha quando criança e o efeito na vida adulta.

Saiba mais sobre o quadrinho
Onde comprar

LAVAGEM, Shiko

Na obra de terror, realizada toda em nanquim, um casal que está com o relacionamento desgastado vê sua rotina mudar após a chegada de um pregador da palavra de Deus. A mulher, analfabeta, encontra conforto na religião. As ilustrações falam mais que o texto.

Onde comprar

Você também vai gostar disso 👇