Tupã Oca Por Pogoland

Destaques #dubrasil

em 11 de maio de 2020

PogoLand é o nome artístico do ilustrador, cozinheiro, umbandista e gateiro cuiabano que chegou em São Paulo em 2010 para “abrir horizontes, expandir conhecimento e aprimorar sua arte” e hoje mora em Presidente Prudente, interior do estado.

A veia artística despertou em sala de aula, ainda pequeno, quando, ao invés de copiar a matéria e fazer as tarefas, PogoLand usava as folhas das cartilhas escolares para ensaiar os primeiros rabiscos. Profissionalmente, tudo começou ao ser convidado para participar de uma exposição num espaço multicultural chamado Novo Arte, na cidade de São Paulo. O local era uma mistura de salão de beleza, estúdio de tatuagem, cafeteria e galeria. “Meu Infinito Particular” apresentou ao público uma série de desenhos feitos com a técnica de colagem digital. Nas palavras do artista “um apanhado de tudo que eu havia vivenciado até aquele momento.” Pogo, como gosta de ser chamado, expôs todo seu acervo. Mesmo sabendo que as primeiras obras tinham “um traço infantil”, o artista se deixou ver por inteiro.

Depois vieram feiras, exposições coletivas, algumas revistas digitais especializadas como DNA Magazine, The Mouth Magazine entre outras, até que, há uns 5 anos, Pogo entrou no mundo da arte homoerótica. Foi a partir de um convite para expor na festa ‘Locomotiva’, em São Paulo, que o artista achou que o público merecia um trabalho mais caliente. “Foi a cereja do bolo para sentir meu trabalho mais completo. Mais maduro”, explica.

Sua maior fonte de inspiração é o dia-a-dia, a vida. Religião também é fundamental para criar. Percebe que as imagens dos orixás “ainda são carentes de expressões artísticas. Precisamos ter mais trabalhos envolvendo esse contexto. Os elementos umbandistas entram na minha arte de forma inconsciente”.

Sobre a arte homoerótica no Brasil, Pogo observa um mercado bastante tímido, rodeado de preconceitos. Ele existe, mas as pessoas têm medo de se expor. Cita como exemplo uma obra que tem exposta na parede de casa, a qual os amigos visitantes perguntam “o que é isso?”, mostrando vergonha e olhando com desconfiança. E, então, ouvem como resposta “é arte”. Fim.

Pogo sabe que tem um longo caminho a percorrer, não só como artista, mas também como responsável no fomento de uma expressão artística repleta de tabus. O que, para PogoLand, é desafio aceito!

PogoLand é #dubrasil.

Título: Tupã Oca

  • Ano: 2020
  • Técnica: arte digital impressa em tela
  • Medida: 30 x 42 cm
  • Valor: R$ 1.800,00

LABO Plural Singular apresenta PogoLand, parceiro, amigo e autor do postalão da rodada Tupã Oca, das artes colecionáveis da Labo. São 200 cópias, assinadas e numeradas, que estão à venda no formato (carinhosamente chamado por nós) “postalão”, como o nome indica um postal grandão <3. Para quem tem sede de exclusividade a arte original também está à venda. Gostou? Tá a fim? Fale conosco: mande uma mensagem no Facebook

  • Postalão Tupã Oca
  • Papel reciclato 240g
  • Medida: 15 x 20 cm
  • Valor: R$60,00

Você também vai gostar disso 👇